x

Informações Rápidas

O Objetivo Sorocaba é uma instituição de ensino particular que possui três unidades na cidade:

Centro Portal Zona Norte

Atendemos alunos do Berçário ao Pré-vestibular.

Fone: (15) 3332.9900

Siga-nos também em: Facebook.com/objetivosor

Blog Ensino Médio

Selecione uma categoria

Unidade: Zona Norte
29
03

Músicas que marcaram a história: Veredas Especial

A música está inserida no nosso cotidiano de diferentes maneiras e em várias ocasiões, tornando-se parte de nossa vida. A letra e a melodia, refletem nossos sentimentos, opiniões, tornando-se um instrumento relevante de reconhecimento social, pela sua condição integrante da sociedade. Pensando nisso, o Professor Marcio Messias apresentou um "Veredas da História" especial com canções que marcaram a história, percorrendo a Ditadura Militar, o Golpe de 64, chegando a Lei da Anistia de 79. O professor explica que este periodo foi marcado por lutas da massa oprimida pela liberdade ideológica, social e política. O nosso país passou por um momento em que não existiam direitos constitucionais, tampouco democracia. Existia, pois, perseguição política, censura e repressão aos que eram contra o regime militar. A música teve um importante papel no processo histórico brasileiro constituindo-se em novo gênero na nossa cultura, porque passou a utilizar recursos de linguagem nunca antes explorados pelos artistas. As letras com dizeres populares acabaram se tomando verdadeiros porta-vozes de uma geração submetida ao silêncio (censura) que precisava protestar seus direitos, sentimentos, vidas que estavam sendo rompidas por um modelo ideológico opressor. Nesta aula, os alunos puderam através da música descobrir uma nova fonte de pesquisa e conhecimento da história de nosso país. Confira as músicas que permearam essas reflexões: Opinião - Zé Keti; Divino Maravilhoso - Caetano Veloso e Gilberto Gil; Caminhando e Cantando - Geraldo Vandré; Sinal Fechado - Paulinho da Viola; Cálice - Chico Buarque e Gilberto Gil; Vapor Barato - Jards Macalé e Waly Salomão; Ouro de Tolo - Raul Seixas; Angélica - Chico Buarque; Bêbado e Equilibrista - João Bosco e Aldir Blanc. 

Comentários