x

Informações Rápidas

O Objetivo Sorocaba é uma instituição de ensino particular que possui três unidades na cidade:

Centro Portal Zona Norte

Atendemos alunos do Berçário ao Pré-vestibular.

Fone: (15) 3332.9900

Siga-nos também em: Facebook.com/objetivosor

Blog Cultural

Selecione uma categoria

24
03

Volta ao mundo da literatura (segunda parada: França)

Há a França para os apressados e há a França para os morosos. É um jeito maroto de dizer que a França literária é riquíssima. Vai do gosto que o leitor tem de borboletear pelos contos de Maupassant ou pelos catataus de Balzac. Há quem prefira a prosa esmerada de Flaubert ("Madame Bovary", por exemplo). Nada contra quem preferir os cenários sombrios de Zola. De qualquer modo, este guia turístico-literário deseja ser útil. Assim, traçamos dois roteiros: "França lenta" e "França rápida".

"França lenta": Começar com o romance "O vermelho e o negro" (Stendhal). Depois, mergulhar nas águas profundas de Balzac ("A comédia humana"). Em seguida, uma pausa na estação de "Madame Bovary" (Flaubert). A viagem continua nas montanhas (romances) de Zola. Tudo termina na vasta planície de Proust (ciclo "Em busca do tempo perdido").

"França rápida": Saltitar pelos textos breves de Balzac ("Gobseck" e "A missa do ateu"). Puxar o freio de mão quando chegar ao maravilhoso "Um coração simples" (Flaubert). Acelerar nos contos de Maupassant (não muito tempo atrás, saiu uma belíssima coletânea desses contos: "125 contos de Guy de Maupassant", da editora Companhia das Letras).

Turista que se preze é meio aventureiro. Eu iria além: turista que se preze é meio fominha, e não se contenta com as paisagens óbvias. É por isso que recomendo as duas Franças. Claro que é difícil fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Não tem problema. A França não vai acabar. Podemos percorrer primeiro uma e depois a outra. O importante, ao fim e ao cabo, é conhecer as duas. Nossas retinas agradecem. Nossos cérebros agradecem.

Comentários